FalandoSobreCâncer

Vacina contra HPV: quantas doses são necessárias?

Vacina contra HPV: quantas doses são necessárias?

Já conversamos em outro momento sobre a vacina contra o HPV e sua inquestionável indicação (para ler o artigo inteiro clique aqui) , mas hoje vamos falar  uma novidade sobre o número de doses.

Classicamente são recomendadas 3 doses da vacina porém uma pesquisa publicada este mês em um respeitado jornal científico, The Lancet, pode mudar esta orientação. 

Leia Mais

Imunoterapia no tratamento do câncer de pulmão

Imunoterapia no tratamento do câncer de pulmão

 

O tratamento do câncer de pulmão metastático( aqui falaremos do câncer de pulmão não pequenas células) tem como principal objetivo aumentar o tempo de vida e melhorar a qualidade de vida do paciente. As armas terapêuticas até então empregadas são a quimioterapia e as drogas alvo moleculares. Dados recentemente publicados na revista The Lancet mostram que a imunoterapia, estratégia que vem sendo utilizada com sucesso em uma série de tumores, aumentou o tempo de vida de pacientes com diagnóstico de câncer de pulmão.

Leia Mais

Diagnóstico precoce para o câncer de ovário: uma esperança

Diagnóstico precoce para o câncer de ovário: uma esperança

Não é novidade para ninguém que o diagnóstico precoce é a maior arma para a cura do câncer que temos em nossas mãos. No entanto, algumas doenças não têm um programa de exames que permita antecipar o diagnóstico. Para o câncer de ovário esta história parece estar mudando.

Leia Mais

Drogas que atuam sobre o osso reduzem recidiva do câncer de mama

Drogas que atuam sobre o osso reduzem recidiva do câncer de mama

Estudo austríaco apresentado há duas semanas no San Antonio Breast Cancer Symposium (SABCS) ,o mais importante congresso relacionado ao câncer de mama, mostrou que o denosumab, uma droga que tem como efeito aumentar a resistência do osso, é capaz de reduzir as chances do câncer de mama voltar após a cirurgia. 

Leia Mais

Aspirina em pacientes com câncer do aparelho digestivo

Aspirina em pacientes com câncer do aparelho digestivo

 

A aspirina é uma medicação barata, acessível e com  efeitos colaterais bem conhecidos. Além disso, ela protege contra doenças do coração, Alzheimer e câncer de intestino. Não precisava de mais, porém um estudo realizado na Holanda e publicado em congresso europeu de cancerologia ( ESMO – sigla em inglês ) no mês de setembro mostrou que a aspirina aumentou o tempo de vida em pacientes com câncer do aparelho digestivo.

Leia Mais

Diagnóstico precoce câncer de próstata: lições da Suécia

Diagnóstico precoce câncer de próstata: lições da Suécia

PSA é uma sigla em inglês que quer dizer antígeno prostático específico, ou seja, uma proteína produzida apenas por células da próstata. A dosagem do PSA é usada como meio de diagnosticar mais rápido o câncer de próstata. O problema é que o exame pode estar alterado em outras situações além do câncer e com isso pacientes sem câncer são submetidos a biópsias devido à elevação do PSA.

Leia Mais