Biópsia líquida: o futuro cada vez mais próximo para dois tumores

Biópsia líquida: o futuro cada vez mais próximo para dois tumores

Há pouco tempo falamos da biópsia líquida , exame que detecta material genético tumoral no sangue, como uma possibilidade para o futuro. Parece que este futuro está mais próximo para dois tumores: câncer de pulmão e de ovário.

No caso do câncer de pulmão o futuro já é visível no horizonte norte americano. O FDA aprovou no mês de julho a biópsia líquida como método para detecção da mutação do EGFR para pacientes com câncer de pulmão. Explico: o FDA é o órgão que regulamenta procedimentos de saúde nos Estados Unidos, semelhante à ANVISA aqui no Brasil. A mutação do gene do EGFR em pacientes com câncer de pulmão tem implicação prática: ter a mutação abre a possibilidade de usar um tipo de medicação. Atualmente a pesquisa da mutação é feita em fragmentos tumorais, ou seja, em material de biopsia ou cirurgia.

A possibilidade de fazer a pesquisa da mutação do EGFR no sangue pode acelerar o inicio da medicação em pacientes com indicação. Além disso, reduz o custo e a necessidade de novas biopsias em alguns casos.

Para o câncer de ovário temos na verdade outra indicação da biopsia líquida em teste. O câncer de ovário é uma doença geralmente descoberta em estágio avançado. Outro problema é que os métodos de acompanhamento após o tratamento falham em mostrar um retorno de doença de maneira precoce. Pesquisadores americanos apostam na biópsia líquida como um método mais eficaz de monitorar e tratar o retorno do câncer de ovário.

O estudo ainda é inicial e o método como acompanhamento foi testado apenas em 10 mulheres. Apesar disso, a biópsia líquida tem se mostrado mais eficaz no diagnóstico que os exames habituais. Além disso, como os pesquisadores têm em mãos material genético do câncer, fica mais fácil escolher um tratamento personalizado.

Bibliografia:

www.sciencedaily.com/releases/2016/07/160720132345.htm

 

Autora:

Dra Maria Helena Cruz Rangel Da Silva
CRM mg 49563 RQE 28713
Médica Oncologista Clínica da clinica Oncocentro BH

 

 

Comments (1)

  1. Pingback: Câncer de intestino: últimas novidades - Falando Sobre CancerFalando Sobre Cancer

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *