Câncer de intestino: últimas novidades

Câncer de intestino: últimas novidades

Na primeira semana de junho de 2018 aconteceu em Chicago mais uma edição do congresso americano de oncologia. São cerca de 40.000 médicos do mundo todo debatendo os principais estudos da área. Vamos resumir nesse post as principais novidades relacionadas ao câncer de intestino.

Uso da quimioterapia hipertérmica no tratamento da carcinomatose peritoneal. Estudo  mostrou que o tratamento cirúrgico da carcinomatose peritoneal produz bons resultados. A adição de quimioterapia hipertérmica não melhorou a sobrevida dos pacientes. Carcinomatose peritoneal é uma condição na qual o tumor acomete o peritoneo, que é uma espécie de membrana que reveste o intestino e outros órgãos abdominais.

A adição de oxaliplatina não melhora o resultado do tratamento neo adjuvante do câncer de reto. Dois estudos mostraram que adicionar oxaliplatina não melhora os resultados da radioterapia pré operatória do câncer de reto. Ou seja não houve mudanças em relação ao tratamento neo adjuvante que empregamos hoje em dia.

QT pós operatória com FOLFOX foi melhor do que FL em pacientes com tumor de reto. Estudo randomizado de fase II mostrou que em tumores de reto estadio patológico II ou III fazer 4 ciclos de que com FOLFOX é melhor do que quimioterapia com Fluorouracil e leucovorim. Esse foi o resultado de longo prazo de um estudo ja conhecido.

Biópsias líquidas: pelo menos 3 estudos relevantes demonstraram que é possível obter através de uma exame de sangue material biológico proveniente do tumor. As células tumorais circulantes ou mesmo o DNA tumoral circulante possibilita a realização de testes genéticos sem a necessidade de biópsias invasivas. Por exemplo um dos estudos mostrou que é possível obter o status HER 2 do tumor através de uma biopsia líquida. Para saber mais sobre biopsia liquida clique aqui.

Autor

Dr. Volney Soares Lima
CRM MG 33029 / RQE 15235

Médico Oncologista Clínico do Hospital Felicio Rocho, da clinica Oncocentro BH, da Urológica e do IPSEMG

Membro Titular Sociedade Brasileira Oncologia Clinica

ref:   https://meetinglibrary.asco.org/record/158740/abstract

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *