Medicamentos biossimilares: o que são?

Medicamentos biossimilares: o que são?

Nos últimos anos cresceram muito as opções de medicamentos contra o câncer. A tecnólogia usada na fabricação destas substâncias é grande, e isso, infelizmente implica em alto custo. Os biossimilares são uma tentaiva de disponibilizar para mais pessoas a tecnologia, minimizando os custos. E é sobre eles que falaremos hoje.

O biossimilar é como se fosse o “genérico” de um agente biológico. Ele não pode ser chamado de genérico pois os medicamentos genéricos são sintetizados quimicamente, e os biossimilares possuem substância ativa derivada ou composta de um organismo vivo e, por isso, não podem ser produzidas como o genéricos.

As diferenças entre o biossimilar e o agente biológico de referência podem ser apenas nos compostos inativos das medicações, desta forma não há diferenças clínicas significativas entre as duas medicações.

O biossimilar só pode ser produzido quando a patente e a exclusividade do produto referência expiram. Aí então, outras fábricas estão autorizadas a iniciar a produção dos similares.

Para ser aprovado pelas agências reguladoras, como FDA, EMA e ANVISA, o biossimilar deve ter o mesmo mecanismo de ação do agente biológico de referência. A maneira de administração também deve ser a mesma. Isso quer dizer que se o produto referência é um comprimido, o biossimilar não pode ser admministrado na veia, por exemplo. Os padrões de qualidade da fábrica que produz o similar também são analisados, desde a produção até a embalagem.

Atualmente temos aprovado apenas um biossimilar usado no tratamento do câncer, a filgrastima. Esta medicação é usada para ajudar o organismo a recuperar a imunidade após a quimioterapia, por exemplo. Outras medicações estão em estudo, como o trastuzumabe, uma medicação muito usada para alguns tipos de câncer de mama. Outro exemplo é o rituximab, medicação usada no tratamento de linfomas.

Nos próximos anos vários agentes biológicos perderam a patente, então conhecer sobre os biossimilares vai se tornar cada vez mais importante.

Bibliografia:

www.portugues.medscape.com

www.uptodate.com

Autora

Dra Maria Helena Cruz Rangel Da Silva
CRM mg 49563 RQE 28713
Médica Oncologista Clínica da clinica Oncocentro Bh

 

Comments (1)

  1. Pingback: FDA aprova dois biossimilares contra o câncer. - Falando Sobre CancerFalando Sobre Cancer

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *