Os três mandamentos para a prevenção do câncer de estômago

Os três mandamentos para a prevenção do câncer de estômago

O câncer de estômago é o quarto câncer mais comum em homens e o quinto mais comum em mulheres no Brasil. São estimados mais de 20 mil novos casos de câncer de estômago no nosso país para o ano de 2016, e a maior parte deles será diagnosticada em uma fase avançada.

Nos Estados Unidos a história se repete. O Instituto Americano de Pesquisa de Câncer, tradução para American Institute for Cancer Research, AICR, publicou neste mês três passos essenciais para a prevenção do câncer de estômago, e que se fossem adotados por toda a população americana seriam capazes de prevenir cerca de 4000 novos casos.

Vamos então ao que interessa:

– 1º mandamento: busque e mantenha um peso corporal adequado. A obesidade e o sobrepeso estão ligados a pelo menos onze tipos de câncer, sendo o câncer de estômago um deles, numa lista que inclui também o câncer de intestino, o de mama na pós-menopausa e o de ovário. Quando falamos em prevenção ao câncer, ter peso corporal adequado só não é mais efetivo que não fumar.

– 2º mandamento: reduza o consumo de carnes processadas. O câncer de estômago é o segundo associado ao consumo frequente de carnes processadas como bacon, salsichas e presuntos, mesmo que em pequenas quantidades! Uma sugestão é substituir estes alimentos por carnes frescas, ovos ou outros alimentos como grão de bico.

– 3º mandamento: bebidas alcoólicas devem ser consumidas com moderação. Na verdade o AICR contra indica o consumo de bebidas alcoólicas na prevenção do câncer, mas para aqueles que não abrem mão a recomendação é de que homens consumam no máximo duas doses por dia e mulheres no máximo uma dose. Uma dose equivale a 350ml de cerveja ou 150ml de vinho ou 45 ml de bebidas fortes como whisky ou vodca.

Mudanças de hábitos nunca são fáceis, mas vale a pena destacar que com as medidas descritas acima não se previne apenas o câncer de estômago, mas uma série deles, como o de intestino e o de mama. Vale a pena tentar!
 

Autora

Dra Maria Helena Cruz Rangel Da Silva
CRM mg 49563 RQE 28713
Médica residente do serviço de oncologia Clínica Hospital Felicio Rocho

 

Bibliografia:

http://www.aicr.org/enews/2016/05-may/enews-preventing-stomach-cancer.html

http://www.inca.gov.br/estimativa/2016/tabelaestados.asp?UF=BR

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *