Participe da consulta pública e ajude a incorporar novos tratamentos no SUS.

Participe da consulta pública e ajude a incorporar novos tratamentos no SUS.

Até o dia 02/05/2017 estarão abertas as consultas públicas da Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no SUS (Conitec) sobre a incorporação ao Sistema Único de Saúde do trastuzumabe e pertuzumabe para câncer de mama HER2-positivo metastático em primeira linha de tratamento. A participação de todos é muito importante. A incorporação desses medicamentos pode evitar o óbito prematuro de um grande número de mulheres brasileiras clique aqui.

A Conitec é o órgão que assessora o ministério da saúde nos casos de incorporação de novos tratamentos pelo SUS. No dia 8/03/2017, em Brasilia, a sociedade brasileira de oncologia clínica defendeu a incorporação do trastuzumabe e pertuzumabe.

Quanto ao trastuzumabe, a Conitec emitiu parecer favorável corrigindo um erro histórico. O trastuzumabe é tratamento padrão no tratamento do câncer de mama metastático HER 2 positivo há vários anos. No SUS, muitas pacientes ficaram sem acesso à esse medicamento.

Só que felizmente a medicina evolui. Atualmente o tratamento padrão para a maioria das pacientes com tumores de mama metastático HER2 positivo é a combinação de trastuzumabe e pertuzumabe associada à uma quimioterapia. Esse tratamento trouxe grande aumento de sobrevida para os pacientes com câncer de mama metastático. Isso foi comprovado por um grande estudo de fase III. O principal nível de evidência científica em medicina.

O parecer inicial da Conitec foi desfavorável à incorporação do pertuzumabe. Contrariando a evidência científica e a Sociedade Brasileira de Oncologia clínica, da qual me orgulho de ser membro. A principal alegação é em relação a custo efetividade do tratamento.

A consulta pública é a única forma de tentarmos mudar esse posicionamento.

As duas consultas públicas a que nos referimos é a de número 13 e 14 do site da Conitec (link no inicio do post)

Segue o como contribuir retirado do próprio site da Conitec:

COMO CONTRIBUIR?


Após ler o relatório técnico do medicamento/tecnologia, os cidadãos podem emitir suas sugestões e comentários sobre a tecnologia avaliada, assim como sobre a recomendação inicial proferida pela CONITEC. Essas contribuições devem ser inseridas no formulário eletrônico disponível no portal da CONITEC.

A cada consulta pública, são disponibilizados dois formulários eletrônicos:
– Um para contribuições de cunho técnico-científico e
– Outro, para contribuições de pacientes ou responsáveis pelos mesmos.

 

Referência 

http://www.sboc.org.br/noticias/item/829-trastuzumabe-e-pertuzumabe-poderao-ser-incorporados-ao-sus

http://conitec.gov.br/entenda-a-conitec-2

 

Autor:

Dr. Volney Soares Lima
CRM MG 33029 / RQE 15235
Médico Oncologista Clínico do Hospital Felicio Rocho e da clinica Oncocentro BH
Membro Titular Sociedade Brasileira Oncologia Clinica

 

Comments (3)

  1. Maria do Socorro F de Oliveira - Responder

    Saúde em primeiro lugar, sem ela não somos capazes de lutar para termos uma qualidade de vida.
    Não podemos ser dependentes do poder público nem de familiares, e para que possamos ser capazes de lutar e contribuir para o desenvolvimento da sociedade, precisamos ter nossa saúde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *