Todos os post com a tag hepatocarcinoma

Icterícia e o câncer: quando o paciente fica amarelo

Icterícia e o câncer: quando o paciente fica amarelo

A icterícia, aquele amarelo da pele e do branco do olho que também pode ocorrer em recém-nascidos, também pode acontecer em pacientes com câncer. A icterícia ocorre quando o organismo não consegue eliminar um pigmento produzido pelo fígado chamado bilirrubina. Como a icterícia é um dos sintomas do câncer e nem sempre é reconhecida precocemente, vamos hoje focar nesse assunto

As causas da icterícia são dividas de acordo com o ponto da “engrenagem” de eliminação que não está funcionando e temos o fígado como referência:

Causas antes do fígado: em geral o problema é a produção muito elevada de bilirrubina e o fígado no caso sadio não consegue eliminar toda a produção.

Causas no fígado: neste caso o problema é dano de célula do fígado. Presença de câncer no fígado é uma das causas, independente se a origem do câncer é no fígado ou em outro órgão. Os cânceres que mais causam icterícia são o hepatocarcinoma (câncer que começa no fígado), o câncer de pâncreas e o câncer de intestino. Outros motivos são abuso de bebida alcoólica, hepatite e alguns medicamentos, inclusive quimioterapia.

Causas depois do fígado: o problema é no transporte da bilirrubina produzida no fígado para fora do organismo. Como ela fica represada no fígado o excesso cai na corrente sanguínea vai se depositar na pele e no braço do olho.

Outros sintomas associados com a icterícia são urina escura, cor de Coca-Cola, fezes claras podendo ser até esbranquiçadas e coceira pelo corpo. Alguns sintomas como dor abdominal, vômitos ou aumento do abdome podem estar presentes e variam de acordo com a causa da icterícia. Em casos avançados, quando o fígado para de funcionar, podem existir sintomas como confusão e até coma.

O tratamento varia com a causa da icterícia. Falando especificamente das causadas pelo câncer, a quimioterapia pode ser uma opção de tratamento. Se a causa for uma obstrução do trajeto, uma desobstrução cirúrgica é o mais indicado. Neste caso pode ser criado um novo trajeto que drena a bilirrubina para fora do corpo ou respeitar o trajeto do corpo colocando um pequeno tubo de plástico ou de metal que transpassa a obstrução.

Bibliografia:

www.jamanetwork.com

Autores:

Dra Maria Helena Cruz Rangel Da Silva
CRM mg 49563 RQE 28713
Médica Oncologista Clínica

Dr. Volney Soares Lima
CRM MG 33029 / RQE 15235
Médico Oncologista Clínico do Hospital Felicio Rocho, da clinica Oncocentro BH e do IPSEMG
Membro Titular Sociedade Brasileira Oncologia Clinica

Leia Mais

Câncer de fígado: sintomas e tratamento

Câncer de fígado: sintomas e tratamento

O câncer de fígado, chamado também de hepatocarcinoma, é mais comumente observado em pessoas que já apresentam algum tipo de alteração do fígado (como por exemplo cirrose e hepatite). Já conversamos em um post anterior sobre seus principais fatores de risco do hepatocarcinoma. Falaremos hoje sobres seus principais sintomas, seu diagnóstico e tratamento. O conhecimento é muito importante, pois o ideal é que o tumor seja descoberto com menos de 2 cm, o que está longe de ser uma realidade nos dias de hoje.

Leia Mais