Todos os post com a tag linfoma

Pacientes com Linfoma tem opção de medicação subcutânea.

Pacientes com Linfoma tem opção de medicação subcutânea.

Linfomas são tumores malignos que tem origem no sistema linfático, uma rede complexa de vasos, linfonodos (gânglios) e outros órgãos, que é responsável pelo transporte de linfócitos (glóbulos brancos / células de defesa) pelo corpo. A doença se desenvolve nos linfonodos, encontrados em várias partes do corpo, e geralmente é diagnosticada pelo crescimento anormal desses gânglios. São basicamente divididos em dois tipos de acordo com as características das células: O Linfoma de Hodgkin e o Linfoma não Hodgkin.

Leia Mais

Linfomas: entendendo a doença

Linfomas: entendendo a doença

O sistema imunológico humano, também chamado de sistema imune, é o responsável pela defesa do organismo contra agentes infecciosos e toxinas. É formado por diferentes órgãos e tecidos, e pelos leucócitos, conhecidos como glóbulos brancos. Essas células são produzidas na medula óssea e timo (órgãos imunológicos primários) e amadurecem nos linfonodos, tonsilas e baço (órgãos imunológicos secundários).

Leia Mais

Sobreviventes do Linfoma: risco de um novo câncer

Sobreviventes do Linfoma: risco de um novo câncer

A combinação de várias drogas e radioterapia usada desde a década de 60 para o tratamento do linfoma, um tipo de câncer do sangue, aumentou absurdamente a taxa de cura da doença, porém a cura teve seu preço. Sobreviventes do Linfoma de Hodgkin têm risco aumentado para outros cânceres relacionados com o tratamento do linfoma até 25 anos após o inicio do tratamento.

Leia Mais

Linfoma Hodgkin: entenda um pouco

O Linfoma de Hodgkin (LH) é um grupo de cânceres caracterizado pela presença de esparsas células de Reed-Sternberg e/ou de suas variantes (cuja origem é nas células B do centro germinativo) em um fundo de células inflamatórias reacionais (vasta maioria do panorama microscópico). Ele representa cerca de 10% de todos os linfomas e 0,6% dos cânceres atualmente diagnosticados.

Existe um aumento da prevalência do LH em países não desenvolvidos em associação com a mononucleose infecciosa, doença causada pelo vírus Epstein-Barr.Observa-se uma aumentada incidência da doença em estados de imunossupressão, como na infecção por HIV e nas doenças auto-imunes.

Leia Mais