Outros Tumores

Ganglioneuroma: entenda um pouco

Ganglioneuroma: entenda um pouco

Ganglioneuroma é um tumor benigno muito raro, incluído na família dos tumores de nervos periféricos, que se origina das células do sistema nervoso simpático. Esse sistema nervoso é responsável pelo controle involuntário de vários órgãos e glândulas do nosso organismo. Por exemplo, o sistema nervoso autônomo age dilatando as pupilas e aumento a frequência cardíaca em situações de estresse, independente da nossa vontade.

Leia Mais

Câncer de vias biliares: nova opção de tratamento

Câncer de vias biliares: nova opção de tratamento

Hoje vamos dar uma boa notícia sobre o câncer de vias biliares. Quando falamos de tumores de vias biliares estamos nos referindo aos tumores que surgem na vesícula biliar e também sobre o colangiocarcinoma. O colangiocarcinoma é o tumor que surge nas vias biliares do interior do fígado ou nas vias localizadas fora do fígado. Acomete principalmente pessoas entre 60-70 anos de idade. São tumores considerados raros. No congresso da sociedade americana de oncologia realizado no inicio de junho/2017 foi apresentado estudo com nova opção de tratamento para essa doença.

Leia Mais

Câncer de vesícula biliar: aspectos gerais

Câncer de vesícula biliar: aspectos gerais

O câncer de vesícula biliar é uma doença rara e agressiva na maioria das vezes. A maioria dos diagnósticos são em pacientes submetidos a colecistectomia (retirada da vesícula) por outro motivo. São encontrados tumor em cerca de 1 a 2% nesses casos. A doença é considerada agressiva devido os sintomas muitos vagos e inespecíficos levando ao diagnóstico em fases mais avançadas da doença, com menor possibilidade de cura.

Leia Mais

Regorafenib: nova droga aprovada para câncer de fígado

Regorafenib: nova droga aprovada para câncer de fígado

Foi aprovado nos Estados Unidos o uso de Regorafenib para pacientes com câncer de fígado que já haviam sido tratados previamente com sorafenib. Há mais de 10 anos que não haviam novas drogas eficientes para pacientes com câncer de fígado (hepatocarcinoma). O Regorafenib já é aprovado para uso em câncer colorretal metastático e tumores GIST.

Leia Mais

Visão geral do câncer de esôfago

Visão geral do câncer de esôfago

O esôfago é um órgão do sistema digestivo que comunica a boca com o estômago. Ele é dividido em três partes: cervical, torácico e abdominal, com diferentes tratamentos dependendo da localização. Em 2016, no Brasil, foram diagnosticados cerca de 10.000 novos casos de câncer de esôfago, sendo a maioria em homens. Existem dois subtipos mais importantes da doença, o câncer de células escamosas e o adenocarcinoma. Cada tipo de doença está relacionado principalmente a diferentes estilos de vida.

Leia Mais

Pacientes com Linfoma tem opção de medicação subcutânea.

Pacientes com Linfoma tem opção de medicação subcutânea.

Linfomas são tumores malignos que tem origem no sistema linfático, uma rede complexa de vasos, linfonodos (gânglios) e outros órgãos, que é responsável pelo transporte de linfócitos (glóbulos brancos / células de defesa) pelo corpo. A doença se desenvolve nos linfonodos, encontrados em várias partes do corpo, e geralmente é diagnosticada pelo crescimento anormal desses gânglios. São basicamente divididos em dois tipos de acordo com as características das células: O Linfoma de Hodgkin e o Linfoma não Hodgkin.

Leia Mais

Anvisa aprova nova droga para tratamento do câncer de pâncreas

Anvisa aprova nova droga para tratamento do câncer de pâncreas

No dia 10/04/17 a Anvisa aprovou uma nova droga para o tratamento do câncer de pâncreas metastático. Trata-se do paclitaxel nanoparticulado albuminado (Abraxane). A aprovação foi para uso na primeira linha de tratamento. O Abraxane já é utilizado há cerca de dez anos nos Estados Unidos para tratamento de câncer de mama e de pulmão. Portanto é uma droga com efeitos colaterais conhecidos.

Leia Mais